quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

bsb

Sigla que diz respeito à capital do Brasil.
Um céu de imensidão, jovens a frente do seu tempo, cheiro de fumaça, congresso... Congresso, congresso... Aí que tá! O que dizer de Brasília? Congresso. Você não sabe a dor de um jovem brasiliense. Vocês não sabem o que é morar em Brasília, ter o congresso ali e não poder fazer nada. A esplanada não é nada em comparação ao poder do legislativo, executivo. Três poderes? Acho que só funciona ao quadrado.
Por que a ilusão de falar que somos livres? Que as leis estão a nosso favor... Ninguém respeita nem a Constituição, mas, aaah! Todos acreditam no futuro da nação.
Alguém falou que temos poder de escolhas, somos criados acreditando nisso. Nós temos, mas pera aí! E o guri que tá morrendo de cheirar cola na rua? Os pedintes querem dinheiro pra CHEIRAR, pra BEBER. Cadê a necessidade de pedir dinheiro pra comprar um caderno? Quem vai dizer pra eles que educação é importante?
Eu tenho bolsa família, bolsa gás, bolsa não sei o que... E a educação??? AAAH! Tem o Prouni, tem universidade federal. Vai lá e conta quantos necessitados e pobres tem dentro de uma federal. Tem o Prouni pras particulares, e o preconceito que eles passam? Porque as particulares estão preocupadas em ganhar dinheiro. E não pense que é diferente dentro de uma federal. O que eu mais vejo é universiotário discriminando. Pessoas estudadas que se dizem tão "mente aberta" e livre de preconceitos.
Eu tenho nojo, tenho nojo da minha pessoa também. Tenho nojo porque ao invés de estar aqui reclamando eu podia fazer algo, mas eu moro em Brasília...